blog comments powered by Disqus

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Distúrbios de Comportamentos. Help Dr. Pet!

Distúrbios de Comportamento do Cão

Os cães são amigos de estimação maravilhosos e merecem todos os cuidados. Para que possamos ter uma convivência saudável com eles é importante conhecermos algumas questões comportamentais.

Todos os cães domésticos, Canis familiaris, descendem do lobo que vive em matilha. A matilha é uma unidade social que tem uma organização, que tem regras sociais baseadas principalmente na hierarquia, ou seja, no líder ou dominante, e nos submissos. O líder, que é chamado de líder-alfa, também pode ser um casal-alfa; estes resolvem as divergências com sua autoridade para que haja mais harmonia na matilha.

Cada vez mais os cães são considerados membros da família. Para o cão, a família humana será a sua "matilha" e nela ele procurará encontrar um líder, ou um dominante. Assim, o melhor é que o proprietário faça o papel de "dominante", uma vez que é ele quem deve orientar o comportamento do animal dentro da família, impondo os limites. O cão terá em seu dono a imagem de "líder da matilha".

O comportamento do cão pode ser estudado sob diversos aspectos. Para conhecer melhor seu amigo, destacamos algumas classes do comportamento canino:

Comportamento Social:

Começa ao nascimento, passa pelos estágios de socialização e torna-se mais complexo à medida que o amigo de estimação passa por estágios de maturação comportamental e interage com grupos diversos, desenvolvendo relações de dominância ou de subordinação.

O desenvolvimento do comportamento social dos filhotes pode ser dividido em quatro períodos:
  • O Período Neonatal vai desde o nascimento até a abertura dos olhos. Nesse período o comportamento resume-se a mamar e dormir;
  • O Período de Transição começa com a abertura dos ouvidos e o filhote começando a perceber os ruídos;
  • O Período de Socialização inicia-se após o período de transição, com três semanas de idade, e termina com aproximadamente 12 semanas. É uma fase muito importante, pois o filhote começará a interagir com o que há ao seu redor, ou seja, com pessoas, com outros animais e com objetos;
  • O quarto, e último período, é o Período Juvenil, que vai de 12 semanas de vida até a maturidade sexual.
A "terceira idade" é um capítulo especial do cão geriátrico, uma vez que, nessa fase da vida, o cão é mais vulnerável a todo o tipo de stress, por isso também merece todo amparo e compreensão.

Comportamento Comunicativo:

Os cães comunicam-se de duas formas: verbal e não-verbal. A comunicação verbal, ou comunicação vocal, corresponde a uma diversidade de sons, como latidos, gemidos, grunhidos, uivos, silvos, rosnados, choros, entre outros. O latido se inicia entre a 2ª e a 4ª semana de vida, dependendo da raça. A comunicação não-verbal corresponde às posturas e os movimentos do cão.



Comportamento Alimentar:

Inicia-se com o recém-nascido ingerindo leite. Com 4 semanas de vida os filhotes começam a ingerir alimentos semi-sólidos. Os cães desenvolverão preferências, utilizando-se do olfato e do sentido da gustação, dependendo do que lhes seja oferecido durante o seu desenvolvimento. O proprietário deve aconselhar-se com o Médico Veterinário sobre a alimentação mais adequada e deve estar atento a quaisquer distúrbios gastrointestinais e do crescimento.

Para entendermos melhor o cão, além das classes de comportamento citadas acima, devemos também conhecer as particularidades de seu comportamento sexual, comportamento de eliminação, comportamento de locomoção, de agressão e o higiênico.

A convivência com o cão nem sempre é isenta de dificuldades, às vezes está sujeita a desentendimentos. Os distúrbios de comportamento vão de agressividade com os próprios donos, ao ato de pular nas visitas, passando por componentes de ansiedade e medo.

O proprietário disposto a exercer a posse responsável, a dedicar amor e carinho ao seu animal de estimação, deve procurar informar-se sobre as necessidades dele. O filhote, ao ganhar um lar, deve aprender desde pequeno a ter limites e cabe ao dono ensiná-lo corretamente.

Desejando orientações sobre o comportamento de seu animal de estimação, procure o apoio de um profissional especializado.

Algumas Curiosidades Sobre os Cães:
  • Os cães lambem a água e a língua enrolada para trás funciona como uma concha para levar água à boca;
  • Quando o cão fica ofegante, o faz para amenizar o calor e equilibrar a temperatura corporal;
  • Em geral os machos pesam cerca de 10% mais que as fêmeas da mesma raça;
  • O cão nasce com os olhos e ouvidos selados fisicamente;
  • Os cães da raça Basenji, de origem africana, são os únicos que não latem e gostam de subir em lugares altos, como os gatos;
  • Os cães da raça Greyhound, conhecidos cães de corrida, podem atingir a velocidade de 70 km por hora;
  • O cão foi uma das primeiras espécies de animais a serem domesticadas.
Fonte: Bayer Pet
Fotos Pessoais do Canil Madjarof

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More