blog comments powered by Disqus

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Animais com Medo dos Fogos e Rojões

Fim de ano sempre significa festa: a família ou os amigos reunidos, mesa farta e muito alto-astral. Mas para os bichos de estimação este momento costuma ser de muito medo por conta das pessoas desconhecidas e dos rojões e fogos de artifício.

Qual a Origem do Medo?

Muitos costumam afirmar que cães não gostam de barulhos de fogos de artifício ou trovões pois sentem dor no ouvido. Mas, na verdade, o motivo é outro: barulhos muito altos servem para alertar o cão de que algo de errado está acontecendo; significa, literalmente, perigo! O medo, portanto, nada mais é do que instinto de sobrevivência!

Mas, muitas vezes, o cachorro acaba passando por um susto muito grande quando ouve fogos de artifício, o que pode levá-lo, em situações posteriores, a sentir muito medo, mesmo que o estímulo não seja tão grande. Por exemplo: pode começar a respirar de forma ofegante apenas ao ouvir um único estouro ao longe...

Quais os Sinais de Medo Extremo?

Cães que apresentam verdadeira fobia ao som de fogos de artifício costumam babar muito, perdem o apetite, respiram com dificuldade e ficam o tempo todo procurando um lugar seguro para se esconder, geralmente algum local menor do que eles. Nestas situações, podem acabar se machucando ao tentar pular uma cerca ou muro, por exemplo.

"Cães e gatos ouvem bem melhor que os humanos. Por isso, o barulho é um incômodo para eles". Nessa época de festas, saiba quais atitudes tomar para proteger seu bicho de estimação na passagem de ano.

5 Maneiras de Proteger seu Pet do Barulho dos Fogos:

1. Evite Fugas

A primeira coisa a fazer nas noites de festa é fechar bem as portas e as janelas. No desespero, cães e gatos tentam fugir.

2. Crie um Refúgio

Coloque seu bicho em um lugar onde ele se sinta seguro. Mantenha a luz acesa e, se ele estiver acostumado, deixe TV e rádio ligados. Converse um pouco e faça carinho.

3. Jamais Ofereça a Comida da Ceia

Pode até ser que o peru esteja divino e a maionese seja light. Mas nada de dar ao seu bicho a comida da ceia de Réveillon. Problemas de digestão, somados ao pânico que ele sente dos rojões, podem até levar à morte, em casos extremos. Alimente-o com a ração de costume e ofereça água. Evite até dar os biscoitinhos dele.

4. Solte a Coleira

Não deixe seu cachorro ou gato na coleira. Muitos animais, quando presos, morrem por enforcamento, no desespero de fugir dos fogos e rojões. Se precisar isolá-lo, deixe-o fechado num quartinho.

5. Acalme-o

Homeopatia, florais e acupuntura podem diminuir o medo e a ansiedade do seu animal. Mas esses tratamentos devem ser feitos ao longo do ano. Em casos muito graves, converse com o veterinário sobre aplicar um sedativo.



Seguindo as dicas acima, é possível amenizar o pavor do cão e mantê-lo em segurança, o que já é um grande passo para evitar acidentes e permitir que todos curtam a passagem do ano!





Fonte: Cão Amor

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More