blog comments powered by Disqus

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

QUER SER MÉDICO VETERINÁRIO?

Se você está pensando em ser veterinário, que tal ter mais informações sobre essa profissão? Quais são as perspectivas, os melhores campos de trabalho? Qual a situação de ensino?


Já houve tempo em que o veterinário era visto apenas com um médico de segunda categoria. Na verdade, até hoje alguns jovens que optam por prestar um vestibular para ingressar em faculdades de Veterinária enfrentam algum tipo de pressão por parte da própria família ou mesmo de amigos, do tipo "bom mesmo é ser médico de gente". Porém é impossível negar, segundo os diversos profissionais da área entrevistados pela revista Cães, que o espaço e o reconhecimento para essa profissão vêm crescendo muito nos últimos anos e o veterinário encontra promissores campos de atuação nos mais diversos setores da sociedade, da indústria química às universidades e clínicas particulares. Além disso, a categoria atingiu, em certos casos, um nível de remuneração comparável, por exemplo, ao da Medicina Humana.

A veterinária é uma profissão linda e seu futuro é muito promissor. Apesar da crise econômica, o Brasil ainda é um país com um dos maiores potenciais agrícolas do mundo. As perspectivas são semelhantes para o veterinário de animais de estimação, pois este mercado vem crescendo cada vez mais, acompanhando o desenvolvimento urbano. Para se ter uma idéia desse crescimento, o Brasil lidera o ranking de Veterinarios no mundo. Em virtude da crescente preocupação nos diversos segmentos sociais com a defesa da natureza, o papel dos profissionais como o veterinário e o biólogo tende a assumir um destaque cada vez maior.

O preconceito já não existe mais, pois a Medicina Veterinária tem um espaço importante. O veterinário não é mais aquele "aplicador de injeções" como achavam antigamente. As pessoas estão tomando consciência de que o veterinário além de salvar vidas de animais, salva vidas humanas, indiremante, ao colaborar com a erradiação da raiva, por exemplo.

A escola

Se você já optou por prestar um vestibular para Medicina Veterinária, não terá problemas com relação à falta de escolas. Existem inumeras faculdades espalhadas pelo País. Você pode ver se a faculdade que escolheu é reconhecida pelo MEC através do site http://emec.mec.gov.br/. Algumas faculdades particulares como a Anhembi Morumbi, Metodista e outras, possuem hospitais próprios e com uma infra estrutura incrível. Ahh... e não se preocupe, pois já não se faz uso de animais nos hospitais. :)

Feito isso, prepara-se para estudar muito, mas muito mesmo....rs.... mas garanto, cada aprendizado novo é prazeroso e você só vai ter a certeza de que é isso que realmente quer fazer pelo resto da sua vida.

Especialização: quando defini-la?

Normalmente, o estudante de Veterinária já imagina no início do seu curso qual o tipo de atividade que seguirá na profissão. Essa definição, só se concretizará, porém, após o fim do curso de graduação, na fase de estágios. É quando o profissional começa a tomar contato com a realidade cotidiana da atividade do veterinário. Em muitos casos, a definição corresponde às primeiras expectativas.

Por outro lado, nem sempre o profissional segue o ramo no qual estagiou. Nesses casos, o estágio serve como parâmetro para uma escolha posterior.


© Texto Produzido Por Luciana Madjarof Bussamra

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More