blog comments powered by Disqus

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

DEIXE UM GATO SURPREENDER VOCÊ!

Gatos são encantadores e capazes de amar incondicionalmente aquele que o tem. "...O homem não sabe ver o gato, mas o gato sabe ver o homem. São extremamente sensíveis pois se há desarmonia real ou latente, o gato sente. Se há solidão , ele sabe e atenua como pode. Se há pessoas agressivas em torno ou carregadas de maus fluidos, ele se afasta. Nada diz, nada reclama. Afasta-se. Presente ou ausente, ele ensina e manifesta algo. Perto ou longe, olhando ou fingindo não ver, ele está comunicando códigos que nem sempre (ou quase nunca) sabemos traduzir. O gato vê mais e vê dentro e além de nós." (Athur da Távola)



Curiosidades sobre os gatos


  • Os gatos têm em media de 4a 6 quilos e 80 cm de comprimento, da cabeça ao rabo. Seus corpos são formados por 245 ossos e 517 músculos.

  • A boca do gato possui 30 dentes, incluindo os caninos. A áspera língua é coberta por sensores de temperatura e gosto, além de ser usada também para a limpeza dos pelos.

  • Os gatos são animais curiosos por natureza e adoram brincar com tudo, incluindo cabos e fios elétricos, alheios ao perigo de levar choques.

  • Plantas venenosas em casa podem representar um perigo aos felinos. Alguns gatos gostam de mastigar folhas e embora saibam discernir qual planta é venenosa, se não houver alternativa, é aquela mesma que ele vai mascar.

  • Anualmente, os americanos gastam cerca de 4 bilhões de dólares em ração para gatos. Um bilhão a mais do que gastam com comida para bebês.

  • Um gato normal pesa em média 4kg. O recorde anterior era de Ginger, uma gata que vivia nos Estados Unidos que morreu em 1977 pesando 19 quilos.

  • O gato mais leve do mundo foi um himalaio de Illinois, que pesava apenas 800 gramas e media 18 cm de comprimento e 7 cm de altura.

  • A duração média de vida de um gato que vive dentro de casa é de cerca de 15 anos. Essa média baixa para assustadores de 2 a 5 anos para os gatos que vivem soltos nas ruas.

  • O gato de vida mais longa já registrado foi o inglês Puss, que morreu em 1939, um dia depois de ter completado seu 36° aniversário. A gata mais idosa foi uma fêmea inglesa rajada que morreu em 1957, aos 34 anos.

  • Os gatos passam mais de 30% de seu tempo cuidando da beleza. Adoram estar limpos e com o pelo bem arrumado.

  • Para os gatos, a carícia humana assemelha-se a uma lambida, e por isso é tão bem recebida

  • Os felinos são grandes dorminhocos. Os gatos chegam a dormir 18 horas por dia, divididas em vários períodos.

  • Além dos cuidados com o corpo, os gatos também são meticulosos com sua caixa de areia, e sempre cobrem a sujeira. A preocupação com a higiene é tanta que eles não usam a caixa se estiver suja.

  • Diferente dos cães, os gatos têm muito pouco ou nenhum cheiro.

  • Os gatos têm cerca de 100 sons vocais, enquanto que os cães têm apenas 10.

  • Por ser um animal do deserto, o gato bebe pouca água e é capaz de concentrar muita urina, necessitando de poucas quantidades para sobreviver.

  • Mesmo conservando seu instinto de caçador, o gato doméstico não sabe que sua presa pode ser um alimento.

  • Gato não gosta apenas de carne, apesar de ser carnívoro. Ele também necessita de cálcio, vitaminas e minerais para ter uma alimentação equilibrada.

  • Um gato pode ficar vários dias sem comer se o alimento não lhe agrada e pode até morrer de fome.

  • Gatos comem lentamente e mastigam bem os alimentos. Ao contrário dos cães, que engolem tudo gulosamente.

  • Assim como os seres humanos, os gatos roncam desde a primeira semana de vida. Mais tarde, o ronco aparece quando o acariciamos ou lhe oferecemos um alimento que ele goste ou a presença de alguém que lhe agrade.

  • O catnip, ou erva de gato, contém um óleo que atua no gato assim como a marijuana nos humanos. Os bichanos entram em transe: cheiram, lambem ou mordem as folhas, rolam no chão e dão pulos no ar, ronronam e miam. Alguns gatos são imunes ao catnip. Entretanto há suspeita de que cause dependência em alguns agatos.

  • Os gatos têm um órgão olfativo no céu da boca. Por isso às vezes farejam e ficam um tempo com a boca aberta e uma cara estranha. Eles podem saborear os aromas.

  • Gatos têm na ponta do nariz um desenho tão particular como o padrão das impressões digitais de um humano. Do mesmo modo, é único para cada bichano.

  • Gatos têm tipo sanguíneo A e B como nós.

  • Ao contrário dos cães, os gatos não pensam que são humanos e sim que os humanos é que são algum tipo de felino.

  • Se vêem algo voando, querem pegar. Os apartamentos têm de ter redes nas janelas.

  • O gato é inteligente, como caçador solitário e competente que é: calcula, resolve problemas e tem que ser versátil para sobreviver.

  • Gatos não aprendem a atravessar ruas. Além do que, à noite ficam paralisados quando a luz dos faróis dos automóveis bate em seus olhos.

  • Gatos formam laços de amizade com os humanos. Entre si mesmos os gatos têm relações intensas de amizade e amor.

  • Gatos aprendem mais do que agem por instinto. Aprendem por observação ou ensinados pelas mães gatas a caçar e usar a caixa de areia.

  • Segundo os estudiosos de comportamento animal Konrad Lorenz, o gato é um dos poucos animais que mostram o que sentem, claramente, por suas expressões faciais.

  • Gatos transpiram pelas almofadinhas na sola dos pés. Repare no consultório do veterinário: a mesa de inox fica com as marcas úmidas das pegadas do bichano estressado.

  • Como um pássaro, o gato usa seu relógio biológico, o ângulo da luz do sol e o campo magnético da Terra para se orientar. Ele pode achar a sua casa a uma distância enorme, graças a essa faculdade. Ele não consegue achar pessoas que estão longe: não usa o faro para seguir uma trilha.

  • Gatos têm memória excelente.



0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More