blog comments powered by Disqus

sábado, 16 de janeiro de 2016

PARTO EM CASA, E AGORA?!

Você está preparado para essa situação?


Atualmente os proprietários encontram dificuldades em saber qual seria o momento certo de auxiliar no parto de sua cadela. A maioria das alterações está relacionada a cães de pequeno porte ou à utilização de medicamentos inadequados durante a gestação. Será sempre importante que o acompanhante no momento do parto seja de confiança do animal, pois, se houver necessidade de ajuda, isso irá evitar que a cadela rejeite seus filhotes após o parto.

A duração da gestação da cadela é de 58 a 63 dias. Se os filhotes não nascerem até 66 dias, após o último cruzamento com o macho, procure um médico veterinário. Para facilitar na identificação das fases podem ser observadas alterações morfológicas: no 35° dia as glândulas mamárias ficam mais rosadas e no 40° dia é notório o abaulamento abdominal.

A alimentação nesta fase deve ser controlada pelo proprietário, pois com o aumento do progesterona, a digestibilidade aumenta e a motilidade gástrica diminui pelo efeito do deslocamento do útero, normalmente a cadela aumenta o volume de ração e água neste período, por isso recomenda-se ração específica com mais nutrientes e proteína adequada.

A obesidade e a idade podem interferir no momento do parto, colocando a mãe e os filhotes em risco. Não cruzar fêmeas antes da idade certa, que varia de um a dois anos.

Evitar suplementação de cálcio e outros minerais, pois podem levar a cadela a um quadro clínico perigoso no momento do parto.

A cadela deve ter um acompanhamento antecipado de um médico veterinário para garantir que esteja vermifugada e sem risco de transmitir alguma patologia para seus filhotes.

O exame de ultra-sonografia pode ser realizado com 30 dias de gestação, para verificar se os fetos estão vivos e detectar más-formações congênitas. Se for visualizado algum feto morto, o parto é antecipado, havendo necessidade de cesariana, para que os outros filhotes se salvem.

Cerca de dois dias antes do parto, o proprietário deve higienizar o local onde a futura mamãe costuma ficar, preparar um ambiente tranquilo e com vegetação, mantendo próximos iodo e fio de sutura, em caso de haver a necessidade de ajuda do acompanhante. Doze horas antes do parto a cadela deixa de comer, fica ofegante e agitada. Esta fase finaliza com o aparecimento das primeiras contrações.

No momento do parto ocorre uma queda de temperatura fisiológica que varia de 1-2°C. A bolsa será rompida por repetidas lambeduras na região vaginal. Normalmente, a expulsão do primeiro feto dura em média uma hora. Ocorrendo demora de 3 a 4 horas dos primeiros sinais até o nascimento dos filhotes, consulte o médico veterinário, pois podem estar ocorrendo problemas com distocias (parto com dificuldade), por falta das contrações necessárias, anormalidades ósseas e, principalmente, desproporções entre os tamanhos dos fetos. Nunca puxar o filhote quando preso à cadela; pode ocasionar infecções graves.

Após a expulsão do feto, a cadela rompe o cordão umbilical e lambe o filhote com finalidade de estimulação do sistema respiratório e circulatório.


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More